19/11/2016

ENTARDECER...

19/11/2016
Olá Amoras tudo bem com vocês?
Hoje trago pra vocês um texto feito por mim,e espero que gostem e me digam o que acharam,pois é o meu primeiro de muitos!
Amo escrever, isso me faz bem e me ajuda a traduzir os sentimentos de minha alma !
Leiam com carinho e me dê opiniões sinceras! bjs



ENTARDECER...

Como é doce a sensação do novo
A ternura que se mistura no som
Ao longe um frescor que percorre
Que inebria o ar....
O cheiro de terra molhada me chama atenção
Me remete ao passado,naquela casinha branca
Onde vivi os melhores anos de minha vida!
Pés descalços correndo pelo quintal
Pega-pega,esconde-esconde,amarelinha,taco e todas aquelas brincadeiras gostosas
Que me faziam feliz com meus amigos.
O dia todo era a mesma estripulia,sol ou chuva,tudo era motivo para ser feliz.
Todos os momentos eram mágicos,mas o que não me sai da mente e do coração
Era quando chegava o entardecer.... Porquê?
Porque era a hora em que mainha e painho chegavam da lavoura e vinham me abraçar
Aquela era a minha maior espera!
Quando os abraçava parecia que o mundo parava e eternizava tudo naquele único entardecer...
Ah saudade que machuca!
E ainda hoje quando sinto o cheiro de terra molhada ,parece que revivo aqueles momentos 
E consigo até senti-los aqui ao meu lado.
Hoje aqui,  nesta selva de pedra,espero todos os dias pelo entardecer eterno...


Bodrum, Casa, Porta, Blue, Flor-De-Rosa

Fátima Souza


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário